Viva Melhor
WEBMAIL


Viva Melhor


 Assembleia Geral mostra balanço orçamentário e lança projeções para 2020


  17/10/2019



 

 

 

Convites para integrar as comissões do CRESS do Amazonas; aviso sobre a urgência do recadastramento obrigatório pelo CFESS; prestação de contas do regional com balanços de receitas e despesas do primeiro semestre deste ano; votação e aprovação da proposta orçamentária para 2020 (R$ 1.334.000) do regional e do novo valor da anuidade (R$ 420,74); e explicações sobre o modelo inédito de votação online que estreia nas eleições do próximo ano para os CRESS de todo o País e o CFESS. Estes foram os principais tópicos apresentados e deliberados, na última quarta-feira (16), durante a II Assembleia Geral Ordinária, da gestão ‘Nada a Temer, Lutar é Preciso!’ (2017-2020).

 

Com a presença de vários/as assistentes sociais, incluindo os/as de base, e mais as coordenadoras e integrantes das comissões do Conselho Regional de Serviço Social do Estado, a Assembleia Geral, realizada no auditório do Edifício Skye Platinum, onde funciona a sede do regional, conseguiu mostrar a atual realidade da instituição e as projeções para 2020 para a categoria. E após a leitura das pautas, a presidente do CRESS 15ª Região/AM, Andréia Cavalcante, explicou que um dos focos do evento seria apresentar e explicar a administração dos recursos financeiros do Conselho.

 

A presidente do CRESS/AM também aproveitou para reforçar os convites para os/as profissionais de Serviço Social trabalharem nas comissões do regional. Ultimamente, as comissões têm sido sobrecarregadas pela falta de assistentes sociais suficientes para ajudar no atendimento das demandas.

 

“Sempre nos eventos, eu chamo a categoria para participar do CRESS. Mas para participar mesmo das comissões e conhecer o CRESS. Se não entrarmos no CRESS, não saberemos qual é o (verdadeiro) papel do CRESS e não entenderemos o porquê dele. Então, chamo cada um para conhecer sua casa (o Conselho Regional de Serviço Social do Amazonas)”, afirmou Andréia.

 

E um alerta importante nesta Assembleia Geral foi sobre a adesão dos/as assistentes sociais do Estado à ‘Campanha Nacional de Recadastramento Obrigatório – Viva sua Identidade', do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS). É necessário que cada profissional da área com registro ativo ou inativo no CRESS do Amazonas realize seu recadastramento obrigatório por meio do site www.vivasuaidentidade.com.br ou pelo link direto https://bit.ly/2kD7nC2.

 

A campanha encerra no dia 31 de dezembro deste ano e para evitar penalidades pelo CFESS, o regional solicita que os/as assistentes sociais do Amazonas efetuem o mais rápido possível o recadastramento. “Ajudem o CRESS a divulgar a campanha (Nacional de Recadastramento Obrigatório – Viva sua Identidade) e avisem os colegas. No site da campanha, também tem a ‘Pesquisa sobre o Perfil Profissional do/a Assistente Social' e a opção para solicitar o novo DIP”, explicou a presidente Andréia Cavalcante.

 

 

 

 

Financeiro

Na sequência, a coordenadora da Comissão de Comunicação, Simara Medeiros, leu o Regimento Interno e informou que somente assistentes sociais adimplentes teriam direito a votar nas pautas da Assembleia Geral Ordinária. Mas antes das votações sobre a proposta orçamentária para 2020 do Conselho Regional e o valor da anuidade para o próximo ano, a 1ª tesoureira do CRESS/AM, Fernanda Pereira, realizou a prestação de contas do regional e detalhou a arrecadação e as despesas recorrentes, no período de janeiro a junho de 2019.

 

No ano passado, o CRESS do Amazonas conseguiu uma receita de R$ 1.169.367,62 e devido as despesas o saldo final, em dezembro, foi de R$ 527.430,10. Mas em 2019 se verificou uma queda na receita ao comparar a arrecadação no exercício de 2018 com o exercício deste ano no mesmo período, entre janeiro e junho: R$ 755.414,85 (2018) e R$ 743.631,59 (2019). E no primeiro semestre deste ano, 68,73% da receita arrecada já foi utilizada para pagar despesas (funcionários, benefícios e encargos, passagens, diárias, tributos, manutenção da sede e outros gastos), que chegaram a R$ 511.099,09 até junho.

 

E o índice de inadimplência dos assistentes sociais do Amazonas, que estava em mais de 47% em setembro, em relação ao pagamento das anuidades é um fator que afeta diretamente a receita do regional por ser a principal fonte de renda da entidade. “E ao fazer uma reflexão, percebemos que o cenário atual (político, econômico e social do País) contribui para aumentar esse índice de inadimplência. Isso já é algo histórico nos CRESS em todo o Brasil e considerando a recessão e o grande número de profissionais desempregados isso reflete na inadimplência e arrecadação”, analisou Fernanda.

 

A 1ª tesoureira do CRESS/AM relembrou que assistentes sociais com atrasos nos pagamentos das anuidades podem encontrar vantagens oferecidas pelo regional para regularizar os débitos pendentes. Inclusive, a campanha de enfrentamento à inadimplência ‘Meu Exercício é Legal, Estou em Dia com o CRESS’, criada pelo Conselho Regional do Estado no ano passado, segue ativa. As formas de pagamento são por boleto bancário, cartão de débito ou de crédito, com a opção de parcelamento das dívidas das anuidades.

 

“Nosso saldo hoje (em outubro) na conta corrente é de R$ 536.877,87. Até parece que estamos com muito dinheiro, mas nesta gestão estamos tentando equilibrar as despesas e receitas para que a próxima gestão do CRESS possa ter condições de fazer um bom trabalho considerando essa saúde financeira”, comentou Fernanda Pereira.

 

 

 

 

Votações e processo eleitoral

Na etapa final da II Assembleia Geral Ordinária, a proposta orçamentária para 2020 do CRESS 15ª Região/AM, no valor de R$ 1.334.000, foi aprovada por unanimidade durante a votação com a participação dos/assistentes sociais adimplentes. O mesmo ocorreu na aprovação do novo valor da anuidade do próximo ano que subiu de 408,80 para R$ 420,74 por questões legais. A gestão ‘Nada a Temer, Lutar é Preciso!’ decidiu não aumentar o custo da taxa de anuidade e apenas fez a correção obrigatória do INPC-IBGE de 2,92%.

 

E por último, a vice-presidente do CRESS do Amazonas, Wanja Leal, explicou as mudanças no processo eleitoral para 2020 que definirá as novas gestões dos CRESS de todo o País e do CFESS e que foram aprovadas no 48º Encontro Nacional CFESS-CRESS, em Belém (PA), em setembro. Com a atualização do Código Eleitoral, o novo formato de votação para o pleito será totalmente online.

 

Nas eleições do CFESS e dos regionais, os/as assistentes sociais aptos/as a votar receberão login e senha no e-mail previamente cadastrado para acessar um ambiente virtual de votação, com as listas das chapas candidatas e a legislação do referido processo eleitoral. Um aviso importante é que o/a profissional que não fizer o recadastramento obrigatório até dezembro deste ano não poderá votar no pleito de 2020. O calendário das eleições ainda será divulgado pelo CFESS.

 

 

 

 

 

Conselho Regional de Serviço Social do Amazonas (CRESS 15ª Região/AM)

Gestão Nada a Temer, Lutar é Preciso! – 2017/2020

Comissão de Comunicação

Diogo Rocha

Assessoria de Comunicação

comunicacao@cress-am.org.br


Galeria de Fotos


Endereço

Manaus/Amazonas
Av. Theomário Pinto da Costa, 811, Sala 4B - Chapada - Edif. Skye Platinum Offices



Atendimentos

+55 92 3622-1436 / 3346-9968 / 99191-2942
+55 92 99191-2942



E-Mail

cress-am@cress-am.org.br


Redes Sociais