builderall



  29/08/2019



 

 

Os Conselhos Regionais de Servio Social da Regio Norte manifestam preocupao e indignao frente a violncia que a Amaznia vem sofrendo h dcadas e acentuando-se nestes ltimos meses. A recente intensificao das queimadas e do desmatamento demonstra panoramicamente uma crise climtica, poltica, ambiental, econmica e social, que precisa ser enfrentada de forma responsvel pelo Estado Brasileiro e pelo mundo.

 

Em um momento em que o governo brasileiro adota como poltica ambiental o apoio expanso do agronegcio e flexibilizao das leis ambientais, se faz necessrio nos mantermos atentos e fortalecidos para o enfrentamento dessa lgica do lucro a qualquer custo, que destri a fauna e a flora e ceifa vidas.

 

No h duvidas de que o problema da misria e da fome no Brasil no est correlacionado com as demarcaes de terras indgenas e/ou reas de proteo ambiental. Esta falcia est sendo poltica e institucionalmente disseminada em detrimento da agricultura familiar e da distribuio de terras para os brasileiros. Qual o grande interesse na Amaznia, afinal?

 

Nossas riquezas interessam ao grande capital e a busca incessante pelo lucro provocar grandes e irreversveis estragos em nossa regio, com impactos socioeconmicos e ambientais para o Brasil e o mundo.

 

Como diz David Harvey (2011, p.41) ?o capital no uma coisa, mas o processo em que o dinheiro perpetuamente enviado em busca de mais dinheiro...o dinheiro... uma forma de poder social que no tem limites inerentes?. Portanto, necessrio impedir essa destruio da vida e das nossas florestas e a fora dos povos da Amaznia nos ajudar a enfrentar e resistir a essa onda de insanidade que vem tomando corpo numa frao da populao brasileira.

 

Na Amaznia encontram-se metrpoles, grandes e pequenas cidades, que sofrem com o descaso e a ignorncia de governos e que tambm esto sendo impactadas com o desmatamento e incndios assassinos. A luta pela conservao da Amaznia no pode estar desconectada de um olhar para um novo modelo de sociedade, no mais centralizado no lucro, mas sim no desenvolvimento e liberdade humana, longe das amarras do capital e perto de uma nova relao entre os seres humanos, pautada na conservao da natureza e igualdade social.

 

Ao falarmos da Amaznia, exaltamos a vida que percorre e sobrevoa nossas terras e rios. Exaltamos os povos indgenas, quilombolas e tradicionais que cuidam e preservam uma das maiores e mais rica regio do continente americano.

 

As chamas que queimam nossas florestas nos destroem a cada dia, mas tambm nos impulsionam a lutar e mostrar ao mundo o poder da nossa pororoca. Vamos! necessrio ir luta, defender o nosso lugar, a nossa terra, a nossa Amaznia.